quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Um provérbio oriental

Não adianta aprender, ouvir ensinamentos, ler e estudar, se não formos nós próprios a tomar a iniciativa de entrar dentro de nós para que o Conhecimento desabroche e se revele na sua totalidade e com todas a sua intensidade de Luz.

O papel do Professor e do Mestre, é abrir as portas do Conhecimento e da Percepção doutras realidades, para que cada um entre dentro de si por sua iniciativa e assimile as Verdades que residem no seu interior.

É o que nos diz o provérbio chinês, retirado do livro romance "A Fórmula de Deus" do jornalista José Rodrigues dos Santos:

"Os professores abrem as portas, mas tens de entrar sózinho."

Boa entrada!

António Pereira

3 comentários:

Christine disse...

Bonsoir Professeur. Tout à fait! Le rôle du professeur est d'orienter vers la connaissance d'autres perceptions, d'autres réalités, vers d'autres possibilités et optiques et donc d'ouvrir des portes. L'élève doit les voir et s'ouvrir à elles pour continuer à s'enrichir. J'ai aimé la métaphore. Merci pour le proverbe. A bientôt, sur Paris!

Luísa Sargento disse...

Há viagens que só podem realmente ser feitas sozinhos... Mas a da madrugada de quarta-feira bem que podia ter sido feita acompanhada lol beijinhos

Prof. António Pereira disse...

Pois é Luisa, mas estava demasiado cansado para voltar de seguida para Lisboa e ainda tivémos algumas coisas para ver com o Mestre. Fica para uma próxima oportunidade. Beijinhos
António Pereira