segunda-feira, 22 de março de 2010

Tapas: auto-superação


Na Filosofia prática que é o Yôga existem 10 normas éticas que dão as balizas de orientação em relação a falhas do comportamento humano.

Essas normas foram sistematizadas por Pátañjali, mais ou menos no séc. III A.C., no livro Yôga Sútra que constitui a codificação do Yôga Clássico.

O Mestre DeRose publicou a sua primeira tradução do Yôga Sútra, na década de 80 do séc. XX, tendo ao longo do tempo aperfeiçoado essa tradução, de tal forma que acabou por elaborar o Código de Ética do Yôgin, que foi publicado na 2ª edição, no início da década de 90 do século passado. 

Inspirado também nessas normas tirei algumas ideias sobre uma delas que considero, como vários estudiosos, ser o alicerce das outras: tapas um dos niyamas.

Tapas é a força interior que acorda as energias e forças adormecidas em nós, para que tenhamos a capacidade de ir mais além do que imaginaríamos.

Tapas é o alicerce e a fonte inspiradora de todas as restantes normas éticas que nos estimula a ser mais coerentes com elas.

Sem tapas (auto-superação), não conseguiríamos ir além na senda do autoconhecimento e auto-aperfeiçoamento e alcançar a meta do Yôga.
António Pereira

4 comentários:

Cheila Saldanha disse...

Conclusão, o Tapas vai-nos trazer longas dores de cabeça. É um daqueles males necessários...como o chocolate, por exemplo!

Prof. António Pereira disse...

É o alicerce do edífico do auto-aperfeiçoamento e por isso não deve ser visto como um mal necessário, mas algo que até pode ser amuito agradável.
Muitas vezes comer chocolate, pode algo extremamente aprazível e que melhor o geral. Depende de como se faz e usa! De qualquer forma gostei do humor implícito no teu comentário! Beijinhos

Bailarina disse...

Continuo a achar fantástico o Código de ética e o quanto seria maravilhoso que todos o cumprissem.
Obrigada por todos os contributos, pela sabedoria e humildade. Ana Soares Unidade Antas

Bailarina disse...

Penso que o Código de ètica na sua generalidade é um excelente alicerce para o nosso desenvolvimento pessoal, devia ser mais vezes explorado ... eu tenho uma grelha de comportamentos observáveis que me policiam.. tanto caminho ainda precorrer... obg pelo contributo, sabedoria e humildade. Ana Soares Unidade Antas