sábado, 11 de junho de 2011

Sobre a inveja


Hoje uma amiga, contou-me uma história «popular» que achei extremamente interessante para colocar aqui. Fala sobre a inveja que podemos fazer a outros quando brilhamos naquilo que fazemos, o que pode suscitar sobre eles, essa emoção negativa e de falta de carácter.

Narra então a dita história:

«Uma vez uma serpente perseguia um pirilampo (vaga lume no Brasil?). Este cada vez brilhava mais e a serpente sempre atrás dele. O pirilampo fugia para onde podia, mas a serpente conseguia descobrir onde ele se escondia e por um triz lá se escapava.

Ao fim de algum tempo, nesse jogo de escondidas, onde a sua vida estava em risco e era o prémio dela, o cansaço e o desespero apoderou-se do pirilampo, o que o levou a pensar em rapidamente arranjar um estratagema, para poder convencer a serpente a desistir de o perseguir, para o matar.


Então, o pirilampo parou, ganhou coragem e enfrentou a serpente, com um olhar firme e convicto e assertivamente perguntou-lhe:

- Serpente eu faço parte da tua cadeia alimentar? E ela respondeu: - Não!

E, ele fez uma nova pergunta:

- Fiz-te algum mal? A que ela retorquiu: - Também não!

Em desespero o pirilampo fez outra pergunta:

- Então porque me queres comer? A que a serpente respondeu: - Porque não suporto ver-te brilhar!»


Sem sabermos e sem fazermos por tal, quantas vezes somos a vítima desta história, só porque somos competentes e brilhantes naquilo que fazemos, destacando-nos dos outros. 

De qualquer forma, devemos estar todos atentos e fazer um exercício de mudança de comportamentos e condicionamentos para sermos um pirilampo que leva luz a todo o lugar. 

Vamos então, tornarmo-nos todos pirilampos, ficando cada vez mais brilhantes e eficientes naquilo a que nos dedicamos, para que a vida brilhe ainda mais para todos? Brilha então, tu também como um pirilampo!
António Pereira

2 comentários:

Cheila Saldanha disse...

Que história fantástica! Obrigado...estava a precisar de ouvir, bem como ler os posts que tem vindo a publicar e que já não lia há algum tempo. (Mia culpa..!)

Pena disse...

A inveja é uma doença muito granve que algumas pessoas têm, contagia a que as rodeia porque muito pouco de positivo existe numa pessoa nesse estado e não leva ninguém a um estado melhor! Como diz um grande proverbio árabe....que Deus me livre dos meus amigos que dos meus inimigos livro-me eu!