quarta-feira, 2 de maio de 2012

Ser um vencedor

Para se ser um vencedor, tem de se ter o talento e a atitude para poder vencer, já que para se chegar a esse objectivo muitas vezes se perde. Porém, o que caracteriza o vencedor é o caracter e a capacidade de cair e levantar-se ainda mais forte.

Por isso, é sempre bom nos inspirarmos nos exemplos de vencedores de várias áreas: culturais, desportivas, empresariais, etc., como é o caso do actual treinador do Real Madrid, José Mourinho, considerado o melhor treinador de futebol do mundo.

“Sente-se um vencedor?”, perguntou-lhe o jornalista italiano. Mourinho confirmou que sim: “Sou um vencedor. Nos últimos dez anos ninguém ganhou tantos títulos como eu”. “Ser especial no futebol significa vencer. As pessoas esquecem os derrotados. Já o dizia no ano passado, quando perdemos a meia-final [da Liga dos Campeões] com o Barcelona. Os adeptos diziam-me: as pessoas não se esquecerão nunca da forma como perdemos, o golo anulado a Higuaín, os cartões vermelhos... E eu respondia: sim, as pessoas esquecem. Num par de anos as pessoas já não se lembram o que aconteceu, recordam só quem ganhou. Assim, se tu podes vencer, deves vencer, e continuar a vencer. Vencer tudo é impossível. Mas se o fizeres (vencer) regularmente, isso fica na história”, José Mourinho, acrescentou.


“Para ser campeão é preciso ter um talento especial, mas há quem nasça com ele e depois não chega ao topo. O que faz a diferença é o carácter, que está ao serviço do talento. Respeito muitíssimo aqueles que aproveitam o seu talento. Quem desperdiça a possibilidade de ter uma carreira de grande êxito não me interessa”, continuou José Mourinho.

Use as Técnicas e os Conceitos do Método DeRose para desenvolver e aperfeiçoar o carácter, reprogramando-se para o sucesso e criando ou focando o talento no objectivo de se realizar e tornar um vencedor.
António Pereira

0 comentários: