quinta-feira, 26 de julho de 2012

Cada pessoa que passa...


Ao longo da vida, vamos conhecendo pessoas, umas mais intimamente, outras menos, outras com quem fazemos amizades, outras que simplesmente conhecemos e ‎outras que entram na nossa vida temporariamente só para nos acrescentar ou mostrar algo. 

Umas são mais marcantes devido a certas circunstâncias, outras adquirem uma importância intemporal, mas podemos dizer que todas são relevantes por nos trazerem algo e também por lhes acrescentarmos alguma coisa.

«Cada pessoa que passa na nossa vida, passa sozinha, é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra! Cada pessoa que passa na nossa vida passa sozinha e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso»    (Charles Chaplin )

Não existem acasos, no mínimo serão serendipias, o conhecer e encontrar certas pessoas na nossa vida, tornando-se a certeza de um fenómeno de riqueza humana, porque acrescentam sempre algo aos seus intervenientes.
António Pereira

0 comentários: