sexta-feira, 13 de abril de 2012

Um dos ónus da Liderança


Existem momentos na vida, em que temos de fazer aquilo que a nossa consciência nos dita, para ficarmos bem connosco e com o Universo, mesmo que possamos obter resultados um pouco contrários ao pretendido.

"Faça o que o seu coração acha certo - de qualquer forma você será criticado. Você estará perdido se fizer e perdido se não fizer." Eleanor Roosevelt, citada no livro Pai Rico, Pai Pobre, de Robert T. Kiyosaki e Sharon L. Lechter

Quantas vezes não aconteceu ou ainda acontece, com cada um de nós, o mencionado na citação anterior, em que façamos ou não somos sempre julgados. Esse é um dos ónus do exercício da liderança, sermos sempre criticados por aqueles que não fazem. 

Não por eles, mas por nós a única solução é fazer aquilo que nos motiva e achamos que é certo, independente de sermos criticados ou elogiados.

Exerça a responsabilidade da liderança, fazendo e aprendendo com os erros que com certeza irá cometer, porque é o único caminho para obter a excelência em qualquer área. 
António Pereira 

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Método DeRose Portugal - o site


Já está no ar o site do Método DeRose Portugal: www.metododeroseportugal.org, criado pela respectiva Federação. Além de ficar a conhecer um pouco sobre este Método, também pode ver qual a escola que fica mais perto de si e ouvir a entrevista que eu e o Inst. Eduardo Saldanha, director-geral da escola do Método DeRose - Espaço Lifestyle, demos para o programa Grande Entrevista, da jornalista Ana Lima, na CNR - Central Nacional de Rádios.

Com a ligação abaixo entra directamente na parte da entrevista:
http://metododeroseportugal.org/media/press/
António Pereira

domingo, 8 de abril de 2012

Voluntariado: generosidade em acção

Tenho o prazer de ser amigo da Fernanda Freitas, jornalista e apresentadora do programa Sociedade Civil, que diariamente vai para o ar na RTP2.

A Fernanda é uma pessoa muito generosa e paralelamente à sua actividade profissional tem pautado a sua vida, por uma iniciativa extremamente participativa em acções de voluntariado.

Nesse sentido, deu uma palestra em Coimbra acerca do Voluntariado e nessa entrevista que publicamos aqui, retirei uma frase muito interessante sobre a questão de para muita gente ser mais fácil, ir realizar o seu voluntariado algures no mundo, sendo nesse caso talvez necessário ter mais coragem para o fazer no nosso país.

«É preciso ter coragem para atravessar o mundo, mas ainda mais coragem para atravessar a rua.» Fernanda Freitas (jornalista e apresentadora do programa televisivo Sociedade Civil)

Uma das tradições mais antigas, da cultura hindú, parte integrante dos Conceitos e Técnicas do Método DeRose, é precisamente o exercício da generosidade para com quem admiramos e respeitamos, no sentido de contribuir para que o trabalho dessa pessoa e/ou instituição cresça e se desenvolva ainda mais socialmente. 

Além desse sentido, a tradição oriental ensina que a prática da generosidade pode ser também um exercício de autoaperfeiçoamento, de melhoria de si próprio, obrigando-nos a sair da zona de conforto, ou seja a efectuar um esforço sobre si próprio, acrescentando um maior desenvolvimento humano e uma maior realização pessoal, pelo contributo social.

Nas Escolas do Método DeRose, desenvolvemos e exercitamos essa capacidade de acordo com a tradição oriental, reposicionando o indivíduo para que ele seja mais generoso e participativo socialmente. 



Se pensarmos bem, há sempre alguma coisa em que podemos ser úteis e geralmente está mais perto de nós do que julgávamos. 
António Pereira

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Cores e sabores

Uma cor e um sabor, na noite luminosa, enquanto contemplava pela janela a Lua Cheia de vida, tocava-lhe de uma forma fora do comum. Um silêncio interminável enchia a noite e inspirava as palavras para saírem de dentro de si, em abundante cascata de sentimentos por agarrar em ficções reais. Como explicar isso a quem não sente a mesma coisa, era uma questão para a qual ainda não tinha solução.

A verdade é que via pessoas que riam e outras choravam. Tudo era simplesmente vida acompanhada e vida solitária, como fotos tiradas de improviso as imagens surgiam do nada, talvez motivadas pelas músicas que ecoavam na sua cabeça.

Nesse momento, olhou para a página branca, a qual tinha o dom de purificar os seus medos e enganos e de lhe dar certezas escondidas em si desde sempre e com a força delas encontrar caminhos para as histórias de todos que brotavam do seu interior como gotas de água, a caírem do céu quando a chuva fertiliza a terra.

Não era a primeira vez que entrava por essa porta que o levava a locais jamais imaginados. A única solução era deixar-se ir, com a confiança que tudo é aprendizagem para um maior conhecimento. Por dentro, muitas vezes uma tristeza soluçante estremeciam-no, abalando as suas certezas e despertando fantasmas julgados desaparecidos. Nessas alturas nem um sorriso conseguia esboçar, somente um choro interno era libertador, mesmo sentindo que dentro de si, havia outro mais forte que o impelia a ir em frente.

Poderia ser ele, como outro qualquer que tenha vivido algo semelhante. Por isso mesmo, o seu sentido de dever em tocar outros que amarguraram dias de estranheza, com medo e tristeza, que abafam a alegria de viver que lhes está colada na pele e na alma.

Somos todos únicos, mas simultaneamente, somos todos iguais na essência da nossa humanidade e consciência para podermos ser tudo. Se houvesse um desejo, seria esse com o qual gostava de tocar internamente todos os que com ele convivessem para lhes gerar um sorriso de felicidade pela partilha mútua.
António Pereira

quinta-feira, 5 de abril de 2012

DeRose Lisboa 2012

Brevemente em Lisboa, teremos o Comendador DeRose. Vem participar e abrilhantar os eventos com a tua querida presença! Mais informações no Espaço Lifestyle: 218 463 974; www.espaco-lifestyle.org


Participa e divulga este evento do Método DeRose!
António Pereira

terça-feira, 3 de abril de 2012

A Qualidade de Vida e o Método DeRose!


Ter qualidade de vida é necessário ao bem-estar da generalidade as pessoas e das sociedades. Porém, é algo que muitas vezes ganha a conotação monetária. Se bem que ter o suficiente para viver bem, seja algo importante, não chega para reduzir qualidade de vida somente a isso. 

Qualidade de vida tem de ser algo mais amplo e rico que preencha todas as necessidades humanas. Nesse sentido, o Método DeRose tem uma definição de qualidade de vida bem interessante que fará sentido para um tipo especial de pessoas. Pessoas que pretendem aperfeiçoar-se e contribuir para elevar ainda mais a consciência da Humanidade.

A DEFINIÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA, DO MÉTODO DeROSE 

"Qualidade de vida é relacionar-se de maneira descontraída, ética e responsável com o meio ambiente e o meio sócio-cultural, procurando compartilhar e interagir, agregando sempre generosidade, elegância, respeito e carinho às nossas relações humanas (sociais, profissionais, familiares, afetivas e outras), mediante a adoção de um conjunto de valores que incluem boa cultura, boa civilidade e boa educação. 

Qualidade de vida é manter um padrão de gastos dois degraus abaixo do que você ganhar. É residir próximo ao trabalho. É alimentar-se com frugalidade. É conseguir extrair satisfação de todas as coisas. É esbanjar o seu tempo dando atenção aos amigos e aos conhecidos. É dar flores à pessoa amada. É não se deixar abalar pelos percalços da vida. É amar com franqueza e perdoar com sinceridade." Comendador DeRose
António Pereira

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Invista em si!


Investir em si é o melhor investimento pessoal e profissional. Investir em si, prepara-o para as adversidades e obstáculos que surgem de vez em quando na vida, dando-lhe a capacidade para melhor ultrapassar essas situações e se fortalecer, tornando esses momentos em desafios conquistados e oportunidades concretizadas.

Um bom investimento pessoal, é começar e/ou continuar a prática e estudo do Método DeRose, gerando as transformações pessoais que as suas Técnicas geram no indivíduo e incorporar os seus Conceitos para de forma positiva, pelo exemplo, inspirar todos aqueles com quem se relacionar na sua vida pessoal e profissional.

O BES e Cristiano Ronaldo, desafiam os portugueses a investirem em si e descobrirem o que há de melhor em si, para agarrarem a sua vida com as duas mãos e não deixarem que esta os leve por aí, sem rumo.



Agora é o momento de agir e criar as condições para tornar a sua vida naquilo que deseja, gerando o futuro mais promissor e realizador que merece e está dentro de si.
António Pereira