terça-feira, 16 de abril de 2013

Arrependimentos!


Ao longo da vida ao olharmos para trás, muitas vezes, arrependemo-nos de termos tomado certas decisões e atitudes, isto porque nos distanciámos da situação e podemos ver as coisas numa outra perspectiva e sem a emoção envolvida na época e por concluirmos que talvez pudéssemos ter feito de um outra maneira.

Às vezes não há momentos, alturas ou formas adequadas, simplesmente as coisas acontecem sem nós termos a intenção que elas se desencadeassem dessa maneira ou que gerassem tanto sofrimento e desilusão.

Olhando para trás, com outra perspectiva e outro ponto de vista, concluímos muitas vezes que nem sempre foi como deveria ser, mas na sequência dos acontecimentos caminhou-se para um determinado desfecho.

Desfecho esse que nos fez sentir de um determinado modo inexplicável, na forma como nos sentimos e em como podemos transmutar essa tristeza, de sem intenção gerarmos sofrimento nos outros, mesmo que a opção que se tomou venha a ser a melhor em termos futuros.

Mesmo assim, muitas vezes arrependemo-nos de certos procedimentos, escolhas e atitudes, mesmo que depois até tenha sido a melhor maneira de se poder resolver determinada situação, ou porque na realidade todos os intervenientes teriam de ter vivido essa experiência, do modo como se desenrolou, porque no momento não se tinha o conhecimento e a experiência para se concluir qual era a melhor solução. 

O tempo e a vida tudo transforma e resolve da melhor maneira as situações incompreensíveis e inexplicáveis do presente.

Por isso, no momento temos de ter a coragem de sarar as feridas e olhar em frente, para dentro do possível passar por essa experiência da melhor forma, ajudando também todos os intervenientes a fazê-lo e contribuir para a mudança do karma, de modo a atrairmos outro tipo de situações.

Porém, de acordo com alguns estudos existem cinco grandes arrependimentos que a maioria das pessoas tem antes de morrer, como está explanado no pequeno filme que deixamos aqui.



Resta-nos aprender com tudo na vida e fazer o melhor que podemos e conseguimos em cada momento para evitarmos ter arrependimentos.
António Pereira

0 comentários: