quarta-feira, 21 de junho de 2017

Dia Internacional do Yoga



O dia 21 de Junho é celebrado no mundo inteiro como o Dia Internacional do Yoga! 

O Yoga é uma filosofia de vida, uma filosofia prática que surgiu há mais de 5.000 anos na antiga Índia e que utiliza uma série de recursos técnicos, tendo como proposta levar o Ser Humano a um estado expandido de Consciência que vulgarmente denominamos de Autoconhecimento ou samádhi.

Em termos ortodoxos, podemos definir o Yoga como a supressão da instabilidade da mente, de acordo com a definição do sistematizador do Yoga Clássico, o sábio Pátañjali que apresenta essa definição na sua obra Yoga Sútra, o primeiro e o mais importante livro desta filosofia de vida.

Porém se pretendermos uma definição mais técnica, podemos recorrer à elaborada por DeRose: «Yoga é qualquer metodologia estritamente prática que conduza ao samádhi».

Independente da quantidade e variedade de métodos e modalidades de Yoga para que seja definido como tal, terá de levar a essa meta de autoconhecimento, o samádhi, variando somente nesse caminho as técnicas utilizadas e a quantidade destas.

Assim podemos ter um Yoga mais físico, laboral, emocional, intelectual, mental, sensorial, etc. Além disso, uma modalidade de Yoga poderá ser  mais técnica, naturalista, sensorial e libertária, geralmente os tipos de Yoga mais antigos, ou espiritualista, anti-sensorial e restritivo, os ramos geralmente medievais ou mais recentes, o que generaliza a confusão na cabeça do leigo e também muitas vezes dos estudiosos e infelizmente também dos profissionais.

Deste modo, podemos concluir que independente das técnicas usadas para que seja Yoga terá de ter como proposta levar o seu praticante a uma expansão da sua consciência a todos os níveis, geralmente através da prática de um leque variado de técnicas.

Podemos assim encontrar uma modalidade de Yoga adequada a qualquer pessoa, consoante os seus objectivos, características pessoais, entre outros aspectos.

No nosso Centro utilizamos as técnicas do Yoga Antigo, com a fundamentação ancestral mais antiga, portanto na tradição ortodoxa, digamos assim, baseada também no que há de mais recente em termos de evidência científica sobre esta filosofia de vida.

A nossa intenção é a preservar e não deturpar o Yoga na sua tradição antiga e ao mesmo acompanhar e reforçar a necessidade de aperfeiçoamento que os estudos científicos nos podem proporcionar para melhorar a forma de transmitir e ensinar o Yoga, na época actual, contribuindo para dignificar ainda mais esta metodologia psico-física.

Uma das melhores formas de conhecer o Yoga é precisamente experimentar uma aula para verificar se há identificação com esse método, o professor, os colegas, a escola e a autenticidade do trabalho desenvolvido.

Deixo aqui o meu convite pessoal para vir conhecer melhor o nosso trabalho, marcando previamente uma aula de Yoga no nosso Centro.

Ficamos a aguardar por si com os votos de que usufrua plenamente do que esta fascinante filosofia de vida proporciona ao Ser Humano!

Um bom Dia Internacional do Yoga!
António Pereira